Fique Ligado nas Notícias!

Lançado Stoq 1.1

Acaba de sair mais uma versão do inovador Stoq. Projeto de código aberto que dá conta do recado quando o assunto é automação comercial. Uma excelente pedida para quem quer automatizar a empresa sem ter que gastar rios de dinheiro investindo em softwares proprietários que nem sempre são a melhor opção para a empresa.

Tela de confirmação de venda

Um dos diferenciais do Stoq além das funcionalidades, facilidade de uso e código aberto é a multi-plataforma. Funciona tanto em ambiente Linux quanto em Windows. Outro ponto interessante é a possibilidade de testá-lo em um LiveCD sem ter que instalá-lo diretamente no computador para ver como funciona.



Destaques nesta versão:
  • Reformulação da interface principal do stoq, com todos os aplicativos em uma única janela e um novo seletor de aplicativos.
     
  • Implementação de suporte para execução de vários aplicativos ao mesmo tempo.
     
  • Reorganização da barra de ferramentas dos aplicativos e criação de novas opções nos menus "Novo" e "Localizar", facilitando a criação de novas ordens, pagamentos e buscas.
     
  • Restauração da posição da última janela aberta ao reabrir o Stoq.
     
  • Implementação de testes de qualidade para produtos compostos produzidos.
    Aperfeiçoamento no processo de produção, sendo permitido registrar materiais perdidos durante o processo, como também alocar materiais extras para uma produção já iniciada.
     
  • Criação de aviso durante o processo de cotação de venda quando não há produtos suficientes para sua confirmação, como também a exibição do tempo estimado de obtenção de produtos faltantes.
     
  • Criação de uma nova ordem de produção ao confirmar uma cotação que não possui produtos compostos suficientes no estoque.
     
  • Adição de campo para observações, ao criar uma cotação de compra.
     
  • Adição de campo para referência de projeto para produtos compostos.
     
  • Exportação de orçamentos de compra para o formato csv.
     
  • Criação de parâmetro para permitir compras e pagamentos no realizados no passado.

Mais informações no site oficial do projeto.
Postar um comentário